quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Billecart-Salmon

Confesso que quanto mais bebo champagne mais viciado fico neste tipo de vinho. Embora goste muito de alguns espumantes feitos em Portugal, é no champagne francês que encontro os melhores vinhos e os "State of the Art". Desta feita, uma incursão pela casa Billecart-Salmon.
"Em 1818, Nicholas François Billecart e sua esposa Elisabeth Salmon fundaram a sua casa de Champagne em Mareuil-sur-Ay, onde a sua família estava estabelecida desde o Século 17.
Cerca de 200 anos depois, na actualidade, a sétima geração mantém-se em Mareuil-sur-Ay e a sua independência como casa de Champagne." (Informação retirada, e traduzida, do Site www.champagne-billecart.fr)


Champagne Billecart-Salmon Brut Réserve
Produtor - Billecart-Salmon
Região - Champagne (França)
Grau -
Feito a partir das castas Pinot Noir, Chardonnay e Pinot Meunier, apresentou uma bonita cor palha com perlage média e boa persistência. No aroma surgem de imediato os aromas de citrinos e fermento com notas de tosta como pano de fundo. O aroma é muito persistente e fresco.
Na boca mostra-se um pouco austero e seco mas ainda assim um fresco e bem vivo champagne. Excelente acidez e persistência final.
Para o preço a que se costumam encontrar os mais usuais Champagnes, este é uma na minha opinião um excelente compra face à qualidade apresentada.
Nota 17


Champagne Billecart-Salmon Brut Rosé
Produtor - Billecart-Salmon
Região - Champagne (França)
Grau -

Feito a partir das castas Pinot Noir, Chardonnay e Pinot Meunier vinificadas como vinho branco e um percentagem do Pinot Noir vinificada como tinto.
Lindíssima cor salmão com perlage finíssima. Começa o vinho a escorrer no copo e começamos imediatamente a salivar, tal a apresentação da cor e do perfume que emana. Notas de morangos, de fruto silvestre, de citrinos, brioche e flores são a componente deste exuberante aroma.
Na boca a textura que nos confere um vinho suave, ainda que encorpado, um vinho delicado e fantasticamente fresco. Todo este esplendor termina com uma persistência longuíssima.
O que dizer de um champagne de crivo superior? Que venham mais como este ou deste :).
Nota 18


Este foi o meu primeiro encontro com os vinhos desta casa e a ver pelas minhas impressões, fiquei fã. Atenção que estes 2 vinhos são a entrada de gama da Casa Billecart-Salmon pelo que, a ver por estes, o que vem a seguir.......

1 comentários:

VinhoDaCasa quarta-feira, janeiro 02, 2008 10:54:00 da tarde  

Um rosé fenomenal!
Só teve um problema quando o provámos...
Eramos 4 e o sacana desaparece num ápice!

Blogues Recomendados

  • Since 24 de Abril de 2006 - A liberdade permite-nos dizer tudo ou nada. A liberdade permite-nos dizer o que nos vai na alma, correr riscos, gritar, vociferar, chorar, rir, brincar. La...
  • Boina 2015 - Uma estreia de um novo produtor oriundo do Douro a partir de duas vinhas velhas, uma perto da Régua e outra no extremo norte da região. Nomes como Tourig...

Blogues Recomendados

  • Prova - *Solstício. 2 Barricas (t) 2010* Diga-se desde já que conhecemos bem o homem por detrás deste vinho - isto é uma declaração de interesses (apesar de todo o...

Arquivo do blogue

  © Blogger template 'External' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP