domingo, 25 de novembro de 2007

Uma composição poética, que exprime um pensamento fino, lisonjeiro e terno

Quinta do Monte D'Oiro Madrigal 2006
Produtor - José Bento dos Santos
Região - Estremadura
Grau - 14% vol
A definição que se encontra em título é mesmo pertença da palavra Madrigal e assenta muito bem com o que encontrei neste vinho. Este vinho branco 100% Viognier foi provado em prova cega.
Bonita cor palha com laivos esverdeados. No aroma, complexo, mostra um ataque de fruto banana e limão acompanhados por fruto seco amendoado, ligeiro floral e ainda ligeiro vegetal. A composição aromática termina com uma profunda sensação de anis.
Na boca o predominância é o equilíbrio de partes. Tem volume, acidez muito bem medida e um final persistente. É um vinho muito fino, equilibrado e até certo ponto com alguma frescura saciante. Para mim, o melhor madrigal até hoje.
Nota 17,5

0 comentários:

Blogues Recomendados

  • Foz Tua 2014 - Pertence ao grupo dos tintos mais vigorosos do Douro sendo aos olhos de alguns "puristas" como vinhos levados a um extremo quase inaceitável.Porém a quali...
  • Podem festejar! - Para balanço! Vai fechar para arrumações, para fazer o inventário e limpar os cacos que se espalharam num ápice. Há que voltar a colá-los, se conseguir. ...

Blogues Recomendados

  • Prova - *Solstício. 2 Barricas (t) 2010* Diga-se desde já que conhecemos bem o homem por detrás deste vinho - isto é uma declaração de interesses (apesar de todo o...

Arquivo do blogue

  © Blogger template 'External' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP