sábado, 21 de maio de 2011

Chateau Pichon Longueville Comtesse de Lalande

A generosidade de amigos é sempre bem vinda. Foi num amigo que voltei a beber este mítico vinho e que esteve à altura de todas as expectativas.



Château Pichon Longueville Comtesse de Lalande 1982
Decantado 4 horas antes. Impressionante a juventude de um vinho que faz agora 29 anos e que provem de uma colheita mítica, extremamente conhecida por ter trazido ao mundo o Astro maior da crítica de vinho, Robert Parker. Ao decantar as garrafas percebi que o vinho estava inicialmente, como previsível, algo preso e fechado. Após 4 horas no decanter mostrou então todo o seu esplendor com uma enorme complexidade de aromas, muitos dos quais não os conseguia identificar. A precisão e pureza nos aromas é assinalável, com muitas sugestões de pimento verde, ameixas, cassis e depois cedro, tabaco, especiarias, terra. Excelente frescura e equilibrio.
Na boca é enorme, mostra concentração, tensão e volume. Mostra frescura, precisão e amplitude. Final longuíssimo ainda com taninos e muito finos. Soberba textura. Impressionante sob qualquer ponto de vista. Inesquecível.
Nota 20

0 comentários:

Blogues Recomendados

  • Since 24 de Abril de 2006 - A liberdade permite-nos dizer tudo ou nada. A liberdade permite-nos dizer o que nos vai na alma, correr riscos, gritar, vociferar, chorar, rir, brincar. La...
  • Boina 2015 - Uma estreia de um novo produtor oriundo do Douro a partir de duas vinhas velhas, uma perto da Régua e outra no extremo norte da região. Nomes como Tourig...

Blogues Recomendados

  • Prova - *Solstício. 2 Barricas (t) 2010* Diga-se desde já que conhecemos bem o homem por detrás deste vinho - isto é uma declaração de interesses (apesar de todo o...

Arquivo do blogue

  © Blogger template 'External' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP